A 13ª rodada da Série A3 foi disputada nesta quinta-feira (20) e determinou a classificação antecipada de Noroeste e Votuporanguense. O mais marcante, porém, foi o rebaixamento do Penapolense. Sensação do futebol paulista na década passada, o CAP amargou o terceiro rebaixamento em seis anos e voltará para a Segunda Divisão após 14 temporadas.

Na parte de cima da tabela, a surpresa do dia foi a derrota do Linense para o Barretos. O time de Lins conseguiria a classificação antecipada se tivesse feito a lição de casa, mas acabou caindo para o quarto lugar, ultrapassado justamente pelo adversário.

A liderança segue com o Noroeste, que contra o frágil Batatais poupou seus principais jogadores, mas venceu por 2 a 1. O Votuporanguense tem a mesma pontuação, mas menos vitórias. Nesta rodada, chegou ao 12º jogo sem derrota ao vencer o Olímpia. Tanto Norusca quanto CAV foram beneficiados pelos tropeços do Nacional e do Bandeirante para se garantirem na próxima fase.

Rebaixamento
O Penapolense é o primeiro rebaixado no campeonato. Ainda sem vencer – a última vitória foi em 19 de agosto de 2020, pela Série A2 –, o time de Penápolis volta para a Segunda Divisão após 14 anos. Após subir em 2007, permaneceu na Série A3 e teve acessos seguidos em 2011 e 2012, chegando à elite estadual. Logo em seu primeiro ano, foi até as quartas de final, onde parou no São Paulo. No ano seguinte, novamente passou de fase e reencontrou o Tricolor, vencendo nos pênaltis, em pleno Morumbi e indo à semifinal, perdida para o Santos de Neymar.

Em 2015, porém, a equipe amargou o rebaixamento na última rodada, quando precisando de um empate foi derrotada pelo São Bento e viu o rival Linense vencer o Red Bull Brasil. O time ainda se manteve cinco anos na Série A2, mas sem nunca lutar pelo acesso. O segundo rebaixamento aconteceu em 2020.

Na Série A3 deste ano, a equipe esteve na zona de rebaixamento desde a primeira rodada e viu a queda ser confirmada após empatar com o Bandeirante. Até o momento são seis pontos somados, todos com empates, além de sete derrotas.

Deixe uma resposta